terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O início de tudo...

   Quando se pensa em reformar dá logo um friozinho na barriga, são tantas ideias... o problema e que às vezes nem tudo dá pra aproveitar, você começa com uma e no meio do caminho precisa descartá-la porque descobre que tem um cano ali, ou o espaço é pequeno demais pro que você imaginou, enfim...
Fora a euforia que precisa ser contida, porque dá vontade de sair comprando tudo que se vê, mas é como eu sempre digo, quando o orçamento é curto a criatividade tem que ser grande.
    Por tanto, assim que eu e meu noivinho recebemos a chave do apê pensamos logo em mudar as coisas, não que fosse feio o original, mas era muito simples, vindo apenas com revestimentos nas paredes molhadas, tipo pia, lavatório e box, e com o tempo sabíamos que não ia dar certo isso, optamos por revestir a parede do chão ao teto com azulejos tanto na cozinha como no banheiro, mas ia ficar feio trocar as paredes e não mexer no chão, e não é só, os quartos e sala também precisavam de um "tapinha no visu".


   E óbvio que obra que se preze, começa sempre pelos materiais, que no nosso caso, ficaram assim, amontoados pelo chão da sala.


Daí quando percebemos o apartamento inteiro estava em pandarecos, isso mesmo!! Todo quebrado, afinal gente, já que é pra reformar, então vamos reformar tudo! Foi aí que se deu o início da nossa saga!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JÁ QUE ESTÁ POR AQUI, NÃO CUSTA NADA COMENTAR NÉ...
BEIJINHOS ESTALADOS!